1 de jan de 2011

História do Kashima Antlers

História do Sumitomo Metals Soccer Club (Era Amadora)


1992: O primeiro Ano do Clube 


Com a criação da J-League , em 1991 o Sumitomo Metals que estava na JSL da segunda divisão foi promovido para a J-League, então mudou-se o nome para "Kashima Antlers F.C", mudaram o escudo, o uniforme que era azul foi para vermelho, mudou o mascote do clube e o estádio ficou para reforma. Com isso o Kashima ficou vermelho e com toque de azul marinho no primeiro uniforme.

O Kashima Antlers estava montando um time de peso para estrear em 1992. O clube contava com o ex Lateral do São Paulo, Milton Cruz e o volante Carlos Alberto Souza do Santos ex-botafogo, e também, trouxe jogadores que se tornariam ídolos no futuro como: Yasuto Honda, Kurosaki Hisashi,Yoshiyuki Hasegawa, todos vieram pelo time Honda F.C.

Com um time até bem montado, o time fez uma temporada boa. Levou um torneio amistoso chamado Copa Muroran e se destacando no torneio J-League Yamazaki Nabisco e chegando até a semifinal do torneio sendo eliminado para o Verdy Kawasaki, isso por que nos minutos finais o anularam um gol do Zico. Com um público de quase quarenta mil pessoas, esse jogo ficou na memória do torcedor japonês, que esteve presente que esteve em todos os jogos do Kashima Antlers, que lotou praticamente os estádios onde jogou  a equipe de Zico. Ficaram dignamente entre os quatros colocados.  Na Copa do Imperador o time chegou até as quartas de final. O destaque do time foi com certeza Zico, que fez 10 gols em 11 partidas seguidas e no total fazendo 21 gols no ano de 1992.


1993: A inauguração do Kashima Soccer Stadium


Em Abril antes da estréia do Campeonato Japonês, o Kashima Antlers inaugurou o Kashima Soccer Stadium no dia 05 de abril de 1993. O Kashima convidou o Fluminense para  fazer o jogo de abertura. Com uma bela atuação de Zico e companhia, o Kashima Antlers venceu por 2x0. Teve um belo público no estádio e Zico deixou seu gol na vitória sobre o Fluminense no primeiro jogo do Kashima Soccer Stadium, foi o gol 800° do Zico em toda sua carreira, o segundo gol foi marcado pelo Alcindo.


 1993: A estréia no Campeonato Japonês

Outro grande momento do Kashima Antlers estava pra chegar. A estréia da J-League (Campeonato Japonês) da primeira divisão. O Kashima Antlers enfrentará o Nagoya Grampus Eight de grandes jogadores como o inglês, Gary Lineker, e o veterano Jorginho.

O Kashima passeou bonito pra cima do Nagoya Grampus. Logo aos 25 minutos do 1° tempo começando com um golaço do Zico, o gol veio depois de uma atrapalhada na defesa do Nagoya, a bola sobrou sozinha pro Zico chutar e fazer um golaço, esse gol entrou na história como o 1° gol da história do Kashima Antlers na J-League. Depois de 5 minutos, o lateral Ishii é derrubado perto da linha de defesa, e quem vai cobrar a falta  é o mestre ZICO, Zico cobrou a falta e fez outro golaço a bola bateu na trave esquerda e foi para o lado direito do gol e sem chances para o goleiro do Nagoya defender, 2° gol de Zico na partida. O 3° gol teve a participação de Zico, depois de um contrataque a bola sobrou para a Alcindo driblar o zagueiro e fazer o gol aos 53 minutos. Há os 63 minutos outro contra ataque com Alcindo e Zico. Zico toca a bola para o Alcindo no lado esquerdo e vai até o gol, Alcindo cruza, e Zico aparece na área e faz o 4° gol do Kashima o 3° Gol de zico no jogo (primeiro hat trick da J-League). Depois de 1 Minuto o Kashima fecha o placar da partida, Alcindo recebeu uma bola do meio de campo, driblou o volante e de longe fez um golaço, encobrindo o goleiro e fechando o Placar por 5x0. Uma partida histórica do Kashima Antlers.


1993: O primeiro Título do Clube


O Primeiro título do Kashima veio rapidamente no primeiro turno da J-League 1993.

O Kashima de Zico foi realmente um grande nome da primeira fase e despontou como equipe de primeira linha. Mesmo sem ser considerada favorita, inicialmente, a equipe chegou na frente, com jogos excelentes. O destaque ficou para a visível evolução tática e técnica de cada jogo. Deslocamentos rápidos, iniciativa de jogo, bloqueios perfeitos, lançamentos e algumas jogadas tipicamente ensaiadas.

O time despachou pela frente o Nagoya Grampus, Verdy Kawasaki, Yokohama F.Marinos, JEF United, Gamba Osaka, Sanfrecce Hiroshima. Na 16° rodada do primeiro turno, o time venceu o Urawa Reds Diamonds fora de casa por 2x0 e se sagrando pela primeira vez campeã em toda sua história.



1994: Uma final de J-League polêmica


A primeira final da J.League foi disputada em Janeiro de 1994. O Kashima que foi campeão do primeiro turno enfrentará o campeão do 2° turno Verdy Kawasaki que tinha o astro Kazuyoshi Miura no auge. 

Apesar do Verdy ser o grande favorito pra levar o título, o Kashima não deixou o título do Verdy ficar barato. Na primeira final em 9 da Janeiro de 1994,  o Verdy teve muitas dificuldades. Atuação perfeita do goleiro do Kashima Masaaki Furukawa que inclusive defendeu um pênalti do Kazu, só que apesar das grandes defesas do Furukawa, o Verdy conseguiu vencer o Kashima por 2x0 com um gol do Kazu e no finalzinho o Bismarck fez o segundo gol do Verdy e encerrando o primeiro jogo da partida, Zico ficou no banco de reservas, pois tinha sentido uma lesão na semifinal da Emperor Cup 1993.

No segundo jogo, no dia 16 de Janeiro de 1994, o Kashima tinha que vencer o Verdy para levar a disputa nos pênaltis. O Kashima contava com a volta de Zico. O Kashima totalmente deu sufoco no Verdy e jogou muito melhor do que no 1° jogo, e no primeiro tempo o Alcindo abriu o placar fazendo um golaço, recebeu a bola no alto, dominou no peito e chutou pro gol. Com isso, o Kashima levava a partida para os pênaltis. Só que o Juiz fez uma burrada. Faltando aproximadamente 8 minutos para acabar o jogo, o Juiz marcou pênalti para o Verdy, o Yasuto Honda nem encostou no jogador do Verdy! Foi um pênalti muito mal marcado pelo juiz SHIZUO TAKADA. E com isso, o Zico que já estava muito irritado na partida, pois já tinha levado uma cotovelada violenta do Meio campo Bismarck e ficou até mesmo sem ar, e com esse pênalti, o Galinho ficou mais nervoso ainda. Antes do Kazu bater o pênalti, o Zico foi até a bola e cuspiu, não foi por falta de educação,  mais sim por ato de protesto, Zico foi expulso na partida. Depois disso, o Kazu fez o gol de empate e o gol do título do Verdy Kawasaki. O Kashima ficou com mais um amargo vice na temporada, pois o time já tinha sido vice na Emperor Cup de 1993.

O Zico numa entrevista na placar magazine de 1996 disse: 
  
"Foi um negócio vergonhoso. A gente já sabia que ia acontecer. Deram quatro pênaltis contra nós. Um absurdo! Foi a primeira vez em que fui expulso por problema de arbitragem. Cuspi no chão. Era um ato de protesto. Fui roubado."


1996: Campeão da J.League


O Kashima conquistou o primeiro título da J.League de forma merecida!

Depois de um vice amargo na J.League de 1993 e dois anos sem conquistar um título. O Kashima conseguiu seu primeiro título definitivo na J-League. Essa J.League de 1996 foi disputada pela primeira vez em pontos corridos, e era obrigatório vencer na partida, se caso empatasse, o jogo teria que ser disputado na prorrogação ou pênaltis. O Kashima conseguiu ser o primeiro time a vencer a J.League em pontos corridos! O Kashima contava com os brasileiros Jorginho e Leonardo. O técnico era o João Carlos. O Kashima começou de forma avassaladora a J.League, dando goleadas em cima do Kashiwa Reysol, Kyoto Sanga, Gamba Osaka e Shimizu S-Pulse. No começo da J.League o Leonardo era o destaque do time, pois em 12 jogos ele deu em torno de 10 assistências! Só que o Leonardo infelizmente foi para Europa. Seu último jogo na J.League foi na 15° rodada foi o jogo histórico contra o Yokohama Flugels na qual terminou em 1x1 e o Flugels conseguiu vencer nos pênaltis. Leonardo se despediu e foi para o Olympique de Marseille. 

O substituto do Leonardo foi Rodrigo Mendes, substituiu muito bem inclusive. No primeiro com a camisa do Kashima, o Rodrigo deixou seu gol na vitória contra o JEF United Ichihara por 2x0, nesse jogo ainda contou com o estreante Atsushi Yanagisawa. Yanagisawa foi decisivo logo em seus primeiros jogos no Kashima, Yanagisawa fez o seu primeiro gol com a camisa do Kashima na vitória contra o Gamba Osaka por 1x0. E não parou por aí não, Yanagisawa em sua terceira partida, marcou dois gols na vitória contra o Cerezo Osaka por 4x2, Yanagisawa já estava sendo ídolo no Kashima. Na 19° rodada o Kashima enfrentou o Yokohama Flugels de Zinho, Evair, Maezono,César Sampaio e entre outros e que também estava brigando pela liderança com o Kashima. O Kashima conseguiu vencer o Flugels com um golaço do Yanagisawa e o Hasegawa fechando o placar por 2x1 para o Kashima e pegando a liderança. O Kashima deu uma decaída e perdeu dois jogos seguidos, na 21° e 22° rodada perdeu  para o Sanfrecce Hiroshima nos pênaltis e depois pro lanterna Kyoto Sanga. Só que o time não se abalou e voltou a vencer na 23° rodada o forte Bellmare Hiratsuka por 2x0 com dois gols de Yasuo Manaka. Na 24° rodada outra derrota, desta vez foi para o Kashiwa Reysol fora de casa, mas isso não tirou o Kashima na liderança. O Kashima recuperou a derrota sofrida e venceram em casa o Avispa Fukuoka com dois gols de Yasuo Manaka e um de Rodrigo, e infelizmente o Jorginho que perdeu a cabeça com o filho do Maradona que inclusive jogava no Avispa, Jorginho ficou dois jogos sem jogar. O Kashima estava perto do título, porém o Kashima tinha 5 jogos complicados e pra ser campeão teria que vencer 4 jogos. 

Na 26° rodada o Kashima enfrentou o seu rival Yokohama Marinos sem Jorginho no Estádio ND Yamagata Soft Stadium, um jogo complicado, mas mesmo assim o Kashima venceu por 1-0 com gol de Mazinho nos minutos finais da partida. 

Na 27° rodada um jogaço contra o Júbilo Iwata que tinha o Dunga, o Júbilo também estava brigando pelo título. Um jogo bastante disputado entre as duas equipes, o Italiano Schillaci em 1 minuto já deixou seu gol e abrindo o placar para o Júbilo Iwata, só que aos 40 minutos o Mazinho empatou depois de uma falha na defesa do Júbilo, mas o Júbilo saiu na frente de novo com gol do Fukunishi numa cobrança de escanteio bem batido pelo Dunga aos 55 minutos. Só que o Mazinho novamente empatou há os 76 minutos e levando o jogo para os pênaltis. O Kashima errou apenas um pênalti na decisão, Nakayama desperdiçou para o Júbilo e Hasegawa fez o 4° do Kashima na decisão dos pênaltis, no final da cobrança, o goleiro do Kashima Furukawa, fez uma bela defesa e o Kashima conseguiu outra vitória e muito importante.

Na 28° rodada o Kashima enfrentou o seu rival Urawa Reds Diamonds em Tokyo com 45,794 pessoas. Urawa Reds também tinha feito uma boa campanha na J.League de 1996, o Alemão Guido Buchwald e o Okano era o destaque do time. O Kashima contou com a volta do Jorginho na partida. O jogo com era previsto foi bastante disputado, Okano do Urawa quase fez gol num cabeceio que foi no travessão. O Kashima teve boas chances com Mazinho, só que o goleiro do Urawa Reds estava inspirado e fez grandes defesas, sem contar que a defesa do Kashima jogou muito bem e salvando vários perigos do Urawa Reds. Só que o jogo terminou em 0-0 até na prorrogação, a partida foi para os pênaltis novamente. Foi bastante disputado, só que na 4° cobrança o alemão Guido Buchwald desperdiçou o pênalti, Furukawa defendeu muito bem, só que o Kashima desperdiçou depois com Rodrigo. Só que no final o outro estrangeiro do Urawa desperdiçou chutando para fora e confirmando mais uma vitória na J.League e a um jogo para conquistar o título!

Na 29° rodada o Kashima enfrentou o segundo colocado Nagoya Grampus Eight precisando vencer para se sagrar campeão da J.League. O Kashima fez um belo jogo contra o Nagoya, o time saiu perdendo pro Nagoya com gol de Torres aos 7 minutos de jogo. Só que o Kashima reagiu e o Yasuo Manaka foi o jogador decisivo na partida, fez os dois primeiros gols do Kashima e virando a partida no primeiro tempo. No segundo tempo o Mazinho aumentou o placar para o Kashima. O Nagoya diminuiu com Soria aos 66 minutos, só que o Naoki Soma fechou o placar fazendo um belo gol a os 78 minutos e o Kashima se sagrava campeão da J.League pela primeira vez! O meio campo Jorginho se tornou o MVP da J-League, o primeiro MVP da J-League pelo Kashima Antlers.



Na última rodada, o Kashima enfrentou o Verdy Kawasaki, o time foi apenas fazer a festa e comemorar o título no Todoroki Stadium. O time perdeu de 5x0 pro Verdy em ritmo de festa, depois do jogo o Yasuto Honda recebeu o lindo troféu da J.League pelo Kawabuchi Saburo e erguendo o primeiro título da J.League na qual viria muito mais pela frente! 



Os destaques do time na J.League 1996:

Jorginho: Jogou demais, fazia ótimo desarmes, subia muito bem pro ataque e dava grandes assistências. E no final se tornou o melhor jogador da J.League 1996! 
Atsushi Yanagisawa: A revelação da equipe ajudou o time em jogos importantes principalmente contra o Gamba Osaka, Cerezo Osaka e Yokohama Flugels.
Yasuo Manaka: fez gols importantes e principalmente contra o Bellmare e Nagoya na penúltima rodada, 
Leonardo: apesar de jogar apenas 12 jogos, deu 10 assistências e fez alguns gols.
Yutaka Akita: Jogou muito bem. Comandou a defesa do Kashima Antlers junto com Okuno.
Naoki Soma: jogou demais e ainda foi eleito o melhor lateral esquerdo da  J.League 1996
Yoshiyuki Hasegawa: Artilheiro da equipe com 12 gols e fazendo gols importantes contra o Yokohama Flugels, Yokohama Marinos,Cerezo Osaka.
Mazinho: Fez gols importantes contra o Yokohama Marinos e Júbilo Iwata.


1997: Campeão da Yamazaki Nabisco Cup e da Emperor Cup


O Kashima Antlers foi para sua primeira final da Copa da Liga,  enfrentou o forte Jubilo Iwata de Nakayama,Dunga e companhia, mas o Kashima não se intimidou e venceu o 1º jogo no Yamaha Stadium por 2x1, os gols do Kashima foram de Akita e Jorginho de pênalti, o gol do jubilo foi de Nakayama, o 2º jogo foi no Kashima Soccer Stadium e um passeio sobre o Jubilo, começando com o gol de Naoki Soma aos 23 minutos 1x0, depois Mazinho faz aos 28 minutos 2x0, Mazinho deixa mais 1 aos 50 minutos, e depois de um minuto o Kashima faz mais um com gol de Hasegawa 4x0, Jubilo diminui para 4x1, e aos 84 minutos o Kashima fecha o placar, Bismarck cobra o escanteio e Akita faz de cabeça o 5º gol do Kashima na partida, e fecha o placar por 5x1 e garantindo o 1º título da Copa da Liga de forma avassaladora.



O Kashima foi para sua terceira decisão na temporada, após um vice na J-League para o Júbilo, o Kashima foi atrás da Emperor Cup em busca de seu primeiro título no torneio. O Kashima estreou vencendo o Juntendo University por 4x1 com gols de Mazinho,Hasegawa,Jorginho e Bismarck. Na 4° fase o Kashima enfrentou o Avispa Fukuoka em Kagoshima e venceu tranquilamente por 6x0 com belo gol de Bismarck e com gols de Yanagisawa,Mazinho e Hasegawa marcaram o resto. Nas quartas de final o Kashima enfrentou o Gamba Osaka e venceu por 3x0 com gols de Mazinho e Jorginho e o outro foi gol contra. Na semifinal o Kashima enfrentou o time da JFL chamado Tokyo Gás (atual FC Tokyo) no Kokuritsu, o Kashima venceu por 3x1 com um belo gol de Jorginho e quem fez os outros foram Bismarck e Mazinho. O Kashima enfrentou mais uma vez o Yokohama Flugels na final e venceu o Flugels por 3x0 com um belo gol de Masuda, o segundo gol foi perfeito, grande trocas de passes de Yanagisawa e Soma que rolou pro Mazinho bater de primeira, o terceiro gol foi marcado pelo Yanagisawa depois de um belo cruzamento do Soma e fechando o placar 3x0. A primeira conquista do Kashima na Copa do Imperador.

1998: Campeão da J.League
















O Kashima enfrentou mais uma vez o Júbilo Iwata na final da J.League. O Júbilo vinha fazendo grandes jogos e com Nakayama fazendo hat trick quase todo jogo, Dunga também estava em uma grande fase. Mas o Kashima estava vindo de uma invicibilidade de 13 jogos sem perder. O primeiro jogo foi disputado no Kokuritsu em Tokyo. O Kashima saiu logo perdendo com gol de pênalti de Nakayama, mas no segundo se reergueu e empatou com Hasegawa após um belo lançamento de Yanagisawa. O jogo teve boas chances mas o Kashima conseguiu o gol da vitória a os 115 minutos com Muroi depois de um belo chute de Jorginho e o goleiro do Júbilo Ogami soltando para o Muroi colocar nas redes. O segundo jogo foi decidido em Kashima, e no primeiro tempo o Kashima partiu pra cima e Bismarck deu um lançamento perfeito para o Akita marcar de cabeça. O segundo gol não demorou tanto e Bismarck fez um lindo gol de falta e aumentando o placar para o Kashima. No segundo tempo o Júbilo partiu pra cima com lançamentos de Dunga, Nakayama ainda dava susto e aos 84 minutos, Fujita diminuiu para o Júbilo fazendo um belo gol. Mas ficou só nisso mesmo e o Kashima conquistou o segundo título da J.League. Yutaka Akita foi eleito o melhor jogador a final.


2000: Tríplice Coroa 


O Kashima Antlers foi o primeiro time na História da J.League a conquistar os três títulos importantes do Japão. Recorde não batido até hoje.
 
O Kashima não ganhou títulos de expressão no ano anterior (1999), e com isso o diretor do clube Zico, chamou o Toninho Cerezo para ser o técnico do Kashima em 2000. O Kashima ainda por cima, não tinha o seu estádio, pois estava em reforma para Copa do Mundo de 2002, o time em 1999 e 2000 mandou todos os seus jogos para Estádio Nacional de Tokyo. O time contava com suas revelações; Mitsuo Ogasawara, Koji Nakata e Masashi Motoyama. A dupla de ataque era Takayuki Suzuki e Atsushi Yanagisawa, ambos foram decisivos em jogos importantes. No J.League 1° stage o Kashima não mostrou tanta força, ficou apenas no 8° lugar com 22 pontos e o Yokohama F.Marinos indo para a final da J-League 2000. 

A primeira conquista no ano foi a J.League Yamazaki Nabisco Cup 2000. O time estreou no dia 28 de Junho contra o Avispa Fukuoka, o Kashima venceu o primeiro e empatou no outro no dia 5 de Julho. Nas quartas de final a equipe enfrentou o Yokohama F.Marinos de Nakamura e Kawaguchi, e foi do mesmo jeito, o time venceu o primeiro jogo por 2x1 e depois empatou e se classificando para as semifinal. Na semifinal o Kashima enfrentou o Nagoya Grampus Eight do Pixy, o time fez jogou muito bem e venceu os dois jogos contra o Nagoya e se classificando para a grande final. No dia 4 de novembro, o Kashima enfrentou o Kawasaki Frontale na final, o time fez uma grande partida e venceu tranqüilo por 2x0 com o Nakata fazendo um golaço e o Bismarck marcando de pênalti aos 62 minutos e garantindo o primeiro título na temporada de 2000. Koji Nakata foi eleito o melhor jogador do torneio e o Takayuki Suzuki a revelação.

Campeão da Nabisco Cup
O Kashima agora foi a busca do título do 2° stage. Após uma campanha mediana no 1° stage, o Kashima foi atrás e mostrou seu futebol no 2° stage. O time despachou times como Sanfrecce,Verdy Kawasaki,Shimizu S-Pulse, Júbilo Iwata, na penúltima rodada, o time precisava vencer o terceiro colocado Gamba Osaka para brigar pelo título no final da rodada com o Reysol. O Time fez um jogo extraordinário contra o Gamba Osaka com uma grande atuação do Yanagisawa e Ogasawara na qual ajudaram bastante na vitória por 2x1 em pleno estádio do Gamba. Na última rodada, o Kashima enfrentou o Kashiwa Reysol em Tokyo. O Reysol precisava vencer e o Kashima só precisava de um empate. O Kashima fez boa atuação contra o Reysol e o principal foi o goleiro Takakuwa que fez belas defesas na partida. O Kashima heroicamente conseguiu conquistar o título do stage empatando por 0x0 e ficando um ponto na frente do Reysol. O Kashima levou mais outro troféu e se classificando para a grande final contra o Yokohama F.Marinos.

Na final da da J.League 2000 o Kashima Antlers enfrentou o Yokohama F.Marinos. Foram dois jogos. O primeiro foi no dia 2 dezembro no Nissan Stadium. O Kashima empatou por 0x0 com boas atuações do Yutaka Akita na defesa e do Mitsuo Ogasawara pelo meio de campo, O Shunsuke Nakamura do Marinos jogou apagado na partida e não resolveu pro Marinos no primeiro jogo da final. O segundo foi disputado no dia 9 de dezembro em Tokyo. O Kashima fez um primeiro tempo impecável, colocou o Marinos na roda e ainda por cima a Defesa do Marinos ficou atrapalhada e isso facilitou muito mais. Aos 24 Minutos o Nakamura deu uma bola de graça para o Mitsuo Ogasawara dar um contra ataque e tocar para o Suzuki tabelar bonito com o Yanagisawa e chutar no canto esquerdo do Kawaguchi 1-0. Aos 39' minutos, Akira Narahashi aumentou o placar depois de outro vacilo na defesa na qual deixou ele sozinho pra dominar no peito e fazer um golaço 2-0. No finalzinho do primeiro tempo o Kashima fez o último gol da partida graças a uma falha do Kawaguchi, Koji Nakata cruzou só que a bola foi direto pro gol e o Kawaguchi aceitou 3-0. Depois disso o Marinos não conseguiu mais pressionar o Kashima, Nakamura estava apagado e isso facilitou ainda mais pro Kashima. No final ainda o Ogasawara fez boas jogadas, depois disso o jogo terminou com uma vitória do Kashima por 3x0 fazendo os três gols no primeiro tempo. O Kashima conquistou seu segundo título na temporadaa. O defensor Yutaka Akite e o goleiro Daijiro Takakuwa foram eleitos Best Eleven da J.League 2000.   

Campeão da J.League

Com o título da Nabisco e J.League, o Kashima tinha a chance de levar a tríplice coroa pela Emperor Cup. O time estreou na 3° fase vencendo o Sagan Tosu por 2x1. No 4° fase o Kashima enfrentou seu rival Verdy Kawasaki e venceu por 2x0 e garantindo vaga nas quartas de final. O time enfrentou o Yokahama F.Marinos novamente, e eliminou de novo vencendo nos pênaltis, o autor do gol do Kashima foi Yutaka Akita. Na semifinal a Equipe enfrentou o Gamba Osaka e venceu por 3x2 e indo para sua 3° final na temporada. Na final o time enfrentou um time nada fácil que era o Shimizu S-Pulse comandado pelo Alessandro Santos, Ryuzo Morioka, Saito entre outros jogadores no grupo. Mas isso não intimidou, o Kashima abriu o placar com um gol de falta do Ogasawara graças a uma bobeira do goleiro Sanada que ficou arrumando a barreira. O Shimizu reagiu e fez o gol de empate com Fernando Oliva com um belo passe do Carlos. O Kashima saiu na frente de novo com Takayuki Suzuki. Só que depois o Shimizu correu atrás e empatou no finalzinho com Daisuke Ichikawa e levando o jogo para prorrogação. A prorrogação valia gol de ouro, e o Mitsuo Ogasawara fez um belo gol na prorrogação. Bismarck ajeitou bonito pro Ogasawara bater de primeira na bola e garantindo a tríplice coroa do Kashima Antlers. Recorde que não foi batido até hoje. E o Toninho Cerezo em seu primeiro ano, conseguiu ser campeão três vezes num só ano! Um ano inesquecível do Kashima Antlers.

Campeão da Emperor Cup


2001: Bi Campeão da J.League 


Em 2001, o Kashima fez uma emocionante final contra o Júbilo Iwata. O Kashima foi atrás de seu primeiro bi campeonato na J.League, só que não foi nada fácil, o Kashima começou o 1º turno bem mal e terminou em 11º lugar, mas isso não afetou em muita coisa. O Kashima ficou mais preparado para disputar o 2º turno, e jogou muito bem, o Kashima venceu 7 jogos seguidos, só que depois o rival Júbilo quebrou a invisibilidade. Isso não afetou muito e o Kashima continou a vencer e perde só na final da rodada para o Sanfrecce, o Kashima no total perdeu apenas 2 jogos no 2º turno e garantiu o título na vitória perfeita sobre o Verdy Tokyo por 4x0 e fazendo a terceira final de J.League contra o Júbilo Iwata. A primeira decisão foi disputada em Shizuoka, mal começou o jogo e o Kashima já fez um pênalti, Hattori cobrou e marcou para o Jubilo 1x0, único gol no 1º tempo, aos 54 minutos Nakayama aumentou para o Jubilo 2x0 fazendo um belo gol, o jogo foi indo e parecia que o Jubilo iria se garantindo, mas aos 80 minutos, Akita diminuiu para o Kashima e depois de 3 minutos o Kashima empatou o jogo com um golaço de Hirase, 2x2, e o Kashima arranca um empate heróico e vai decidir em casa a J-League, no 2º jogo foi bem disputado, um jogo bem pegado e cheio de faltas e grande chances para ambas equipes, o jogo terminou 0x0 no tempo normal, foi para o extra time, e aos 100 minutos Motoyama é derrubado perto da grande área, e quem vai cobrar é Ogasawara e marca um golaço de falta, a bola foi pro lado e o goleiro ficou no outro. O Kashima conseguiu ser bi campeão pela primeira vez, conquistou duas J-League seguidas 2000-2001. 5 jogadores do Kashima foram eleitos o Best Eleven: Yanagisawa, Akita, Narahashi, Nakata e Ogasawara. Atsushi Yanagisawa foi eleito o melhor japonês futebolista do ano.



2002: Campeão da J.League Yamazaki Nabisco Cup 

Akita e Honda com as taça da Nabisco Cup.
O Kashima conquistou seu terceiro título da Nabisco Cup vencendo o Urawa Reds por 1x0 com gol de Ogasawara. Com o time base de 2001, o Kashima apesar de não ter conseguido a J.League a equipe conseguiu conquistar seu terceiro título e encostando-se ao Verdy em títulos da Nabisco. O Kashima terminou em segundo lugar na fase de grupos com 3 atrás do Urawa Red Diamonds na qual viria pela frente. Nas quartas de final enfrentou seu maior rival o Júbilo Iwata e venceu por 2x1 fora de casa, destacando que o Júbilo era o melhor time do Japão. Na semifinal o Kashima eliminou o outro time de Shizuoka, o Shimizu, por 2x1 novamente e garantiu sua quarta final de Nabisco Cup. Na final o Kashima enfrentou o Urawa Red Diamonds, na qual já tinha enfrentado na fase de grupos. O Urawa contava com o Émerson Sheik, o veterano Masahiro Fukuda e também o Masami Ihara. O Kashima teve grandes chances com o Ogasawara e Euller, o Urawa dava perigo com o atacante Emerson, um jogo até morno no primeiro tempo. No segundo tempo o Kashima partiu pra cima, logo no começo o Augusto deu um belo cruzamento pro Euller que por pouco não fez de cabeça. Aos 59 minutos viria o gol, Emerson travou com o Augusto na jogada e sobrou pro Fabiano dá um belo passe pro Yanagisawa que depois disso o deu uma grande assistência pro Ogasawara marcar o gol do título em Tokyo. O Ogasawara chutou torto, mas com sorte a bola bateu no zagueiro Masami Ihara e enganou o goleiro e indo para o gol. Depois disso o atacante Tuto do Urawa teve uma grande chance na qual o Sogahata fez uma bela defesa e salvando o Kashima. O Urawa partiu com tudo para conseguir o empate com jogadas do Emerson, mas não conseguiu e o Kashima foi tri campeão em 2002! Mitsuo Ogasawara se tornou MVP da Final fazendo o único da partida e também por pouco não deixou um golaço.


2007: A primeira estrela! 

Kashima completou 10 títulos e com isso colocou sua primeira estrela no escudo.
O Kashima em 2007 completou 10 títulos de expressão pelo Japão. O primeiro time profissional a conseguir esse feito. O Kashima foi campeão da J.League 2007 heroicamente em cima do Urawa Reds Diamonds. Pra completar o clube completou o THE DOUBLE na Emperor Cup
 
O Incrível disso foi que o Kashima só liderou o campeonato no final da rodada! Foi emocionante demais para os torcedores do Kashima Antlers. O Time começou muito mal na J.League, ficaram os cinco primeiros jogos sem vencer. A vitória veio na 6° rodada contra o Yokohama F.C com gol de Yanagisawa. O time depois disso melhorou só que deu alguma decaída na tabela perdendo alguns jogos. Mas o time se recuperou muito bem e venceu vários jogos importantes, um deles foi contra o Reysol fora de casa, Júbilo Iwata, e JEF United. O Kashima contou com a volta do Mitsuo Ogasawara. O ídolo voltou do Messina da Espanha após não ter tantas oportunidades por lá. Ogasawara estreou e fez logo dois gols contra o JEF United. O time continuava a vencer, só que teve uma derrota sofrida para o Gamba Osaka na 23° rodada perdendo por 5x1. Só que essa derrota não afetou o time que logo na outra rodada venceu o Frontale por 4x1 e ainda sim continuo vivo pela disputa. Enquanto isso o Gamba Osaka e Urawa Reds estavam a 10 pontos na frente do Kashima Antlers. O Kashima teve sua última derrota na Liga para o Nagoya Grampus Eight na 25° rodada.
Na 26° rodada o Kashima começou sua arrancada rumo ao título. O time venceu o Albirex Niigata com por 3x1 com uma bela atuação de Nozawa,Tashiro e Ogasawara. Na 27° rodada o Kashima venceu o Sanfrecce Hiroshima por 1x0 fora de casa com gol de Marquinhos. Na 28° rodada o Vissel Kobe por 3x2 com uma boa atuação do Shinzo Koroki que fez dois gols na partida. Na 29° rodada o Kashima enfrentou seu rival Júbilo Iwata e venceu fora de casa por 3x1 com um belo gol do Yanagisawa. Na 30° rodada, o Kashima venceu tranqüilo o Oita Trinita por 3x0. Na 31° rodada o Kashima venceu seu rival Marinos em plena Yokohama com dois gols do Marquinhos e de Nozawa, o Kashima já estava encostando-se aos líderes. Na 32° rodada o Kashima venceu o Reysol por 1x0 com um belo gol do Yuji Funayama. Na 33° rodada o Kashima enfrentou o líder Urawa Reds numa Saitama super lotada. O Kashima precisava ainda vencer o Urawa e ainda torcer pro Urawa perder na última rodada pro Yokohama FC, muitos davam o Reds campeão do mesmo jeito. O Kashima não se incomodou com a torcida adversária e venceu o Urawa Reds com gol do Takuya Nozawa aos 66' minutos do segundo tempo. O Urawa ainda tinha chances de ser campeão se vencerem na última rodada. Na última rodada, o Kashima enfrentou o Shimizu S-Pulse e o Urawa Reds enfrentou fora de casa o Yokohama F.C. O Kashima teria que vencer o Shimizu e o Urawa perder para o lanterna Yokohama FC. No começo o Kashima já tinha abrido o placar com o Ogasawara de pênalti aos 20 minutos do primeiro tempo. Com o começo da partida do Yokohama FC x Urawa, aos 17 minutos o Yokohama abriu o placar logo cedo com uma bela assistência do King Kazu pro Shingo Nejime abrir o placar para o time da casa. Enquanto isso no jogo do Kashima Antlers, Motoyama aos 48 minutos acertou um chutão de fora da área e fazendo 2-0 para o Kashima Antlers. O Urawa reds sendo pressionado para o Yokohama F.C e ainda contou com uma atuação fraca do Washigton na partida. Para finalizar o jogo do Kashima, o Marquinhos fez o terceiro gol e o último da partida. O Kashima venceu por 3x0 o Shimizu S-Pulse e conseguiu nove vitórias seguidas na J.League! Com o fim do jogo, ainda estava rolando o jogo de Urawa x Yokohama FC. O Urawa não consegui fazer mais gol, o time pressionada, mas o Yokohama estava seguro, e com isso o fim de jogo trágico para os Reds que perderam para o lanterna no final da rodada e dando o título para o Kashima Antlers! Foi um título histórico, pois o Kashima não ganhava algum título de expressão desde 2002, além de quebrar um jejum de quatro anos, ainda foi campeão quebrando uma grande diferença de pontos do Urawa Reds e se sagrando campeão na última rodada. O Kashima colocou sua primeira estrela no seu escudo, representando os 10 títulos de expressão: 5 J.League, 2 Emperor Cup e 3 Nabisco Cup. Oswaldo de Oliveira foi eleito o melhor técnico da J.League e Iwamasa sendo o melhor zagueiro da J.League.

Yanagisawa se despediu do Kashima erguendo a taça da Emperor Cup

Depois do título da J.League, o Kashima voltava a conquistar também a Emperor's Cup e completando o THE DOUBLE. O Kashima estreou no dia 4 de novembro vencendo em casa o seu rival local Mito Hollyhock por 2x0 com gols de Tashiro e Ogasawara. Na quinta fase da Emperor o Kashima enfrentou o Ventforet Kofu e venceu apertado por 2x1 com gols de Tashiro e Yanagisawa fazendo o gol salvador na prorrogação. Nas quartas de final o Kashima enfrentou a zebra da JFL Honda FC, e mais uma vez o Kashima teve que decidir nos acréscimos com mais um gol de Yanagisawa depois de um belo passe do Koroki. Na semifinal o Kashima enfrentou o Frontale em Tokyo e venceu com um belo gol de Motayama aos 74 minutos e garantindo sua quinta final de Emperor Cup. Na final o Kashima enfrentou o rebaixado Sanfrecce Hiroshima, o Kashima abriu o placar rapidamente com o Uchida fazendo um golaço e no finalzinho o Danilo fez o gol do título depois de um belo passe do Yanagisawa. Kashima conquistou o tri da Emperor e garantindo o THE DOUBLE na qual o Kashima conseguiu levar a J.League e a Emperor Cup no mesmo ano. Atsushi Yanagisawa se despediu do Kashima Antlers na final.


2008: Bi Campeão da J.League


Toru Araiba erguendo o sexto título do Kashima Antlers da J-League.
O Kashima conquistou o bi campeonato da J.League pelo comando de Oswaldo de Oliveira. Não foi nada fácil conquistar esse título como é sempre esperado na J.League. O Kashima foi eliminado nas quartas de final Asian Champions League e com isso sobrou apenas a J.League para conquistar. A equipe começou muito bem vencendo 5 partidas seguidas. Depois disso o rendimento da equipe caiu e ficou 7 jogos sem vencer no campeonato. O elenco suportou a pressão que estava sofrendo e se reergueu e voltou a vencer goleando o Nagoya por 4x0. Só que viria mais problemas, o Kashima enfrentou o Reysol num jogo complicado na qual rolou polêmicas entre a torcida do Kashima e pra encerrar o Ogasawara sofreu uma grave lesão e desfalcou o Kashima na temporada. Só que o Kashima não se abalou e colocou Aoki e Chugo pelo meio de campo, vitórias estavam vindo, o Kashima venceu as 4 últimas rodadas com um jogo emocionante contra o Júbilo na pênúltima rodada e no final vencendo o Sapporo com gol de Nozawa e o Kashima conquistou seu segundo bi de J.League. O destaque do time foi com certeza o Marquinhos que foi importante nas partidas e fazendo vários gols importantes, Maquinhos terminou a J.League se tornando Artilheiro também  MVP da J.League.



2009: Tri Campeão da J.League



O Kashima Antlers se sagrou TRI-CAMPEÃO da J-League. O primeiro time a levar TRÊS J-League consecutivas. Foi com muita garra e empenho e muitas dificuldades para conquistar o TRI. No começo foi indo muito bem vencendo na estréia o Urawa Reds por 2x0 com gol de Marquinhos e Nozawa, o Kashima teve ótimas vitórias e poucas derrotas vencendo jogos importantes e brigando pela liderança, mas houve uma decaída perdendo cinco vezes seguidas da 24 a 28º rodada e empatando na 29º rodada. Mas o time se restaurou na 30º rodada e venceu o JEF united por 3x0 e continuou vencendo até a última rodada. Na penúltima rodada o Kashima Antlers enfrentou o Gamba Osaka em casa e precisava vencer para disputar o título na última rodada, o time surpreendeu e venceu o Gamba Osaka por 5x1 um resultado muito importante para última rodada. Na última rodada o Kashima Antlers enfrentou o Urawa Reds em Saitama, o Kashima precisava da vitória ou o Reysol vencer o Frontale. O Kashima Antlers foi para batalha em Saitama, e aos 21 minutos do segundo tempo o lateral Uchida cruzou na medida certa para Koroki mergulhar de peixinho e fazer o único gol da partida e o gol do título! Depois do gol o Kashima apenas administrou o resultado e garantiu o Tri consecutivo pela primeira vez na história! O destaque vai para o Mitsuo Ogasawara que jogou demais e se tornou o melhor jogador do ano e MVP da J.League 2009.

Cabeçada do Shinzo Koroki em três partes, o gol do tri campeonato.

2010: Campeão da Emperor's Cup
Kashima Antlers na J-League não foi muito bem. Terminou o campeonato na 4º colocação e sem a vaga da Asian Champions League. O Kashima Antlers só tinha a Emperor Cup para garantir a vaga para Asian Champions League e fechar a temporada com título. 
 
Pela Emperor Cup, o Kashima estreou contra o Arte Takasaki e venceu fácil por 6x0. No 3nd Round venceu o time da Segunda divisão o Roasso Kumamoto por 2x1. No 4nd Round enfrentou o forte Cerezo Osaka, mas venceu em casa por 2x1 e se classificou para as quartas. Pelas quartas de final enfrentou o Campeão da J-League, o Nagoya Grampus, o Kashima não se intimidou e venceu por 2x1 num belo jogo e foi o último jogo do Zagueiro Go Oiwa no estádio Kashima Soccer Stadium. Pela Semifinal encarou o rebaixado da J-League o FC Tokyo, foi um jogo cheio de emoções, o FC Tokyo abriu o placar com Hirayama de Bicicleta, mas o Kashima veio para cima e fez o gol de empate com Yuya e logo no final da prorrogação, Koroki decidiu e fez o gol da classificação para a final da Emperor Cup. Pela final da Emperor Cup encarou o Shimizu S-Pulse que contava com Shinji Ono, Okazaki, Johsen. Foi um belo jogo disputado no Estádio Nacional de Tokyo, o Kashima Antlers estava criando ótimas oportunidades e abriu o placar com Fellype Gabriel num escanteio cobrado pelo Ogasawara. Aos 59 minutos do Segundo tempo depois de um belo lançamento pelo meio de campo do Shimizu, a bola sobra Sozinha para o Norueguês Frode Johnsen fazer um belo gol metendo a bola por cima do goleiro e encobrindo o goleiro Sogahata e empatando o jogo para o Shimizu S-Pulse. Mas não durou muito, Koroki é derrubado perto da grande área e quem vai cobrar a Falta é Nozawa. Isso por que se o Bosnar se não tivesse interrompido o Ogasawara a cobrar a falta rápida o gol talvez nem fosse acontecer. Nozawa aos 77 minutos cobrou a falta e acertou um belo chute sendo uma bola difícil pro goleiro defender, o goleiro tentou mais tocou apenas pelos dedos e foi para o gol, 2x1 para o Kashima. O Shimizu bem que tentou nos minutos finais com uma bola perigosa do Johsen que quase marcou. O jogo terminou e o Kashima Antlers foi campeão pela 4º vez na Emperor Cup e garantiu sua vaga para Asian Champions League.


2011: Campeão da J.League Yamazaki Nabisco Cup 

 
O Kashima conquistou o 4° título da Nabisco Cup e com isso se tornou o maior campeão do torneio. A equipe começou com muitos problemas em 2011. O time sofreu danos na tragédia do 11 de Março, o estádio teve que ficar interditado e o Kashima teve que jogar fora de casa, e pra encerrar a equipe foi eliminado pela 4° vez na ACL, o Kashima fez uma campanha pífia na J.League. Mas o Kashima ainda tinha a sua primeira chance a Nabisco Cup.  

O Kashima começou nas quartas de final, pois o Kashima estava disputando o campeonato asiático no começo da Nabisco Cup. Em um jogo chuvoso, o Kashima começou perdendo de 2x0 com duas falhas de Nakata, mas o time não se abalou e partiu pra cima. Yuya Osako,foi o salvador e deu uma assistência pro Koroki diminuir e depois o Osako fazer o gol do empate e levando pra prorrogação, na prorrogação o Kashima fez o gol da vitória com um belo cruzamento do Araiba para o Tashiro marcar, e por pouco o Marinos não empatava no finalzinho com Taniguchi, mas no final o Kashima venceu e se classificou para a semifinal. Na semifinal o Kashima enfrentou o Nagoya Grampus fora de casa, o time começou com o gol de Osako, o Kashima comandou o jogo, mas aos 80 minutos levou o gol de empate com Túlio Tanaka e levando o jogo de novo para a prorrogação, o Kashima decidiu de novo e no finalzinho da prorrogação o Motoyama entrou para partida e deu logo a assistência pro Shibasaki fazer seu primeiro gol como profissional. Na final o Kashima enfrentou pela terceira vez o Urawa Red Diamonds em finais de Nabisco. O Urawa não estava passando por boa fase e o Kashima não estava conseguindo fazer boas campanhas na J.League. Dois times que já fazia muito tempo que não levava a Nabisco. No dia 29 de outubro, os dois times se enfrentaram. O jogo foi um pouco fechado com poucas chances, Nozawa arriscou bons chutes, mas o goleiro do Urawa estava inspirado na partida. O Urawa contou com sua revelação Genki Haraguchi que foi a peça do time, mas não adiantou muito e o time já tinha feito muita coisa ao levar o jogo para prorrogação. Aos 105 minutos viria o gol do título, Koroki fez uma grande jogada na qual deu uma grande assistência para o jovem Yuya Osako fazer o gol do título. O Urawa não tinha mais forças para empatar o jogo, o Kashima teve ainda duas bolas na trave com Shibasaki e Nakata. Final de partida o Kashima conquistou seu quarto título e depois de nove anos. Yuya Osako foi eleito o MVP da final com 21 anos. Foi a primeira conquista na Nabisco do técnico Oswaldo que, finalmente conseguiu conquistar o torneio.