2 de jan de 2013

Análise da temporada do Kashima em 2012

Kashima encerrou a temporada conquistando dois títulos mas a principal meta não conseguiram...

Analisando a temporada do Kashima em 2012, duas conquistas e duas decepções, será que foi um ano melhor que 2011?

O Kashima foi eliminado para o Gamba Osaka na semifinal no dia 29 e se despediu da temporada 2012 como uma temporada mediana, o clube conquistou a Copa Suruga Bank (título inédito) e o Penta Campeonato da Copa Nabisco vencendo em cima da garotada do Shimizu S-Pulse que vinha numa fase muito melhor que o Kashima. As duas decepções foi nos principais torneios do Japão, na J.League o time terminou em 11° lugar e fazendo sua pior campanha em toda sua história na J.League e na Copa do Imperador apesar de ter ido um pouco mais longe o time foi derrotado pro rebaixado Gamba Osaka e não conseguindo ir à final. O nosso grande ídolo Jorginho não foi tão mal no comando do Kashima, ele conseguiu ir até melhor que o Oswaldo em 2011, uma pena que ele saiu do Kashima, agora teremos aguardar o novo treinador e o mais provável pra assumir o comando é o Toninho Cerezo (Considerado uma das lenda do Kashima).

Os reforços...

Dutra e Renato foram as melhores contratações do Kashima em 2012 (Foto: Js goal)
 Kashima não trouxe tanto reforços de peso na equipe, trouxe mais jogadores jovens como Kazuya Yamamura, Ryuga Suzuki (promovido pela base), Yukitoshi Ito e Nagakawa promovido pela base também. Os outros reforços foram o Juninho que tinha vindo de uma temporada fraca no Frontale, Okamoto artilheiro do Avispa em 2011 e depois de algumas semanas trouxe o Dutra do Kyoto e no meio da temporada o meia Renato Cajá da Ponte Preta por empréstimo do Guangzou da China.


Início de temporada de altos e baixos...

Apesar da má fase na J.League, na Copa Nabisco o time foi muito bem vencendo a maioria dos jogos.
O começo de temporada do Kashima foi muito mediano. A primeira vitória na temporada foi contra o Mito Hollyhock pelo Ibaraki Special Match em fevereiro, quem marcou o primeiro gol foi o Koji Nakata. Depois veio a estréia na J.League, o time estreou perdendo pro Sendai por 1x0 e ficou mais de cinco rodadas sem vencer. O ponto positivo foi na Copa Nabisco na qual o time foi muito melhor, conseguiu a primeira vitória em jogos oficiais vencendo o Vissel Kobe por 2x0 em Kashima e dando uma animada na torcida, o clube ao menos mostrava uma cara diferente no torneio. Depois de cinco rodadas sem vencer, o time conseguiu sua primeira vitória memorável contra o FC Tokyo em Ajinomoto num jogo chuvoso, quem marcaram os gols foram Koroki e Endo. Parecia que o time ia emplacar de vez após vencer o Gamba Osaka por 5x0 numa atuação espetacular da equipe, só que não conseguiu, o time ficou mais três rodadas sem vencer e tiveram duas derrotas decepcionantes pro Shimizu e Júbilo, ambos os placares foram 3x0... Já por um lado a equipe foi muito bem na Copa Nabisco vencendo a maioria dos jogos na fase de grupos e sendo derrotado apenas uma vez e ficando com a segunda colocação do Grupo B empatado em pontos com Shimizu S-Pulse.

Conquista Inédita: Copa Suruga Bank

Jogadores comemorando a vitória nos pênaltis contra a Universidad de Chile.
No dia 1 de Agosto o Kashima decidiu a Copa Suruga Bank contra o campeão da Sul Americana o Universidad de Chile. Foi um jogo muito bem disputado entre as duas equipes, o Kashima saiu na frente com gol do Iwamasa aos 17 minutos do primeiro tempo e depois de 10 minutos Renato Cajá ampliou a vantagem, A La U correu atrás e conseguiu o empate graças aos erros individuais do Kashima que totalmente entregou os dois gols para a La U e levando a partida para os pênaltis pela segunda vez seguida. Nos pênaltis muito disputado também, mas quem se deu bem foi o Kashima que acertou todos os pênaltis e a La U despedeçou no final com a cobrança do Castro, Nishi foi o último a cobrar e marcou confirmando o primeiro o título do Kashima na Copa Suruga e o segundo título internacional do clube.

Vídeo da decisão de pênaltis:



Segunda conquista: Penta campeão da Copa da Liga Japonesa

Segundo título seguido na Nabisco e a quinta conquista no torneio.
O Kashima foi mais uma vez pra decisão da Nabisco Cup, o adversário foi o Shimizu S-Pulse na qual dividiu a liderança na fase de grupos. O Kashima fez um grande torneio e de fato mereceu a conquista, o time como disse no post acima venceu a maioria dos jogos, venceu cinco e perdendo apenas uma pro Yokohama Marinos. Na fase final o Kashima eliminou o Cerezo Osaka vencendo os dois jogos e eliminou o Kashiwa Reysol na semifinal com bela atuação do Osako nas duas partidas. Na final o Kashima não foi o favorito pra encarar o Shimizu, tinha vindo de uma derrota em casa pra eles na J.League e muitos achavam que ia dar Shimizu já que vinha numa fase melhor. Mas na partida o favoritismo foi para o Kashima, anulou totalmente a garotada que não teve quase nenhuma chance de gol. No tempo normal o jogo foi retrucado e terminou em 1x1, Shibasaki fez o primeiro gol da partida e Genki Omae marcou para o Shimizu graças a um erro bizarro do árbitro. Kashima teve que decidir mais uma vez na prorrogação igual 2011. Na Prorrogação o Kashima foi melhor e logo no primeiro minuto, o Kashima vira o jogo com um belo gol do Shibasaki que ganhou do Jong a Pin e saiu na cara do gol pra marcar o gol do título. Kashima foi Campeão mais uma vez e Shibasaki foi eleito o MVP da Final. Segunda conquista de Jorginho como técnico e a quinta conquista do Kashima na Nabisco sendo o maior campeão absoluto do torneio.

Melhores momentos da final:


Final temporada: Kashima escapa do rebaixamento, mas termina a temporada com mais uma derrota frustrante na Copa do Imperador...

Jorginho conquistou dois títulos na temporada apesar da fraca campanha na J.League.
Kashima estava com riscos de cair para segunda divisão, só que na penúltima rodada o time conseguiu eliminar todas as chances após uma bela vitória do Kashima pra cima do Nagoya Grampus em pleno Toyota  Stadium. O Kashima partiu para a Emperor Cup, seria as ultimas semanas de Jorginho no comando da equipe. O time teve uma grande vitória pra cima do Júbilo em casa vencendo por 3x1 na qual teve a despedida de Jorginho em Kashima, nas quartas de final uma vitória apertada contra o JEF United por 1x0, Osako marcou o único gol da partida. A semifinal foi contra o rebaixado Gamba Osaka, o Kashima era totalmente favorito, além de ter vencido eles por 5x0 em Kashima, o time vinha numa fase melhor, mas não foi isso que aconteceu, o Kashima fez um péssimo primeiro tempo e o Gamba aproveitou graças a grande atuação do Endo e também pela falhas do Sogahata, até o primeiro tempo o Gamba foi melhor, mas no segundo tempo o Kashima sufocou mas não conseguiu fazer gol, a maior culpa disso foi pela péssima atuação no primeiro tempo na qual o Kashima acabou perdendo. Outra derrota frustrante na Copa do Imperador, só não foi pior do que em 2011 contra o Kyoto. A temporada se encerrou e o que achou? Uma temporada mediana ou boa pelo fato de ter conquistado dois títulos? Aguardamos a nova temporada e que seja muito melhor que essa de 2012.

Colocação do Kashima nos torneios em que disputou:

J.League: 11° lugar

Copa Suruga Bank: Campeão

J.League Nabisco Cup: Campeão

Emperor Cup: Semifinal

4 de dez de 2012

J.League Awards 2012: Gaku Shibasaki Revelação do Campeonato

Gaku Shibasaki e Mana Iwabuchi da Seleção Feminina posando juntos pra foto (Foto: Nikkan Sports)

Na premiação do J.League Awards 2012, Shibasaki foi eleito a revelação da J.League 2012.

Nosso grande meio-campista foi premiado merecidamente como revelação. Fazia muito tempo que o Kashima não tinha uma revelação no campeonato, o último jogador do Kashima a levar foi Atsushi Yanagisawa em 1997. Shibasaki atuou em quase todas as partidas no torneio, marcou 1 gol contra o FC Tokyo e deu grandes assistências, as assistências que eu mais lembro foi contra o Nagoya na derrota por 3x2 e outra contra o Frontale, quem marcou os dois gols foi o Koroki. Ano muito especial pro Shibasaki, decidiu a Nabisco Cup, foi MVP do torneio e agora levou a revelação com o Kashima fazendo uma campanha pífia no campeonato. Parabéns Shibasaki!

Gol do Shibasaki contra o FC Tokyo 

 

A página dos prêmios individuais está atualizada, quem quiser dá uma olhada sobre outros jogadores que já foram premiados no J.League Awards é só dá uma olhada lá. -> Prêmios Individuais

Antlers vence Kashiwa Reysol e termina em 11° lugar na classificação

Osako marcou duas vezes na última rodada contra o Reysol. (Foto: Js Goal)

Na última rodada da J.League, Kashima vence em casa o Reysol e termina a J.League na 11° colocação.

Kashima não deu chance pro Reysol e venceu eles mais uma vez com grande atuação de Osako que marcou dois gols, a próxima meta agora é a Copa do Imperador na qual vai ser a despedida do Jorginho no estádio de Kashima, o adversário será o Júbilo Iwata grande rival do clube, será no dia 15 dezembro o confronto.

Apesar de conquistar títulos, essa foi a pior campanha do Kashima na J.League... 

Kashima em 34 jogos, venceu 12, empatou 9 e perdeu 10 vezes...

Essa foi a pior campanha do Kashima na J.League, a última pior colocação da equipe foi em 1999 quando terminou em 9° lugar, até então essa de 2012 superou. Apesar disso o Kashima felizmente não caiu após vencer o Nagoya na penúltima rodada por 2x1 e tirando todas a chances de ser rebaixado. O começo do Kashima foi muito ruim, ficou nada menos que 5 jogos sem vencer, perdeu 4 e empatou uma. Só que na 6° rodada até então a equipe melhorou e conseguiu 3 grandes vitórias seguidas, uma grande vitória sobre o FC Tokyo fora de casa, vitória pra cima do Cerezo de virada (esse pra min está no TOP 5 de grandes jogos do Kashima nesse ano) e uma goleada pra cima do rebaixado Gamba Osaka. Mas o Kashima voltava a cair na tabela, uma derrota feia pro Shimizu por 3x0 na qual fez o time voltar a ser irregular... Outra derrota ridícula foi para o Júbilo Iwata, o clube não perdia pra eles desde 2002 no Yamaha. Depois dessa derrota, o Kashima manteve sua irregularidade na J.League, o clube vencia mas não conseguia emplacar. A maior goleada no torneio foi a do Kashima que venceu o Sapporo por 7x0  e entrando na estatísticas de maiores goleadas do Kashima na história da J.League. Outra grande vitória do clube foi contra o FC Tokyo por 5x1 com grande atuação do Dutra que marcou três gols. O Kashima ficou 4 jogos sem vencer novamente, a oportunidade escapar definitivamente foi contra o Nagoya com grande atuação do Dutra novamente vencendo em pleno Toyota e ganhando posições na classificação. Na última se despedimos vencendo o Reysol que estava em busca da vaga e encerrando em 11° lugar, uma posição até boa pra quem não conseguia sair do 13° colocação. 

Meus detalhes do Kashima na J.League 2012:

Melhor jogo no campeonato: Kashima Antlers 3x2 Cerezo Osaka - Kashima Stadium



O jogo mais importante: Kashima Antlers 2x1 Nagoya Grampus - Toyota Stadium



Maior goleada no campeonato: Kashima Antlers 7x0 Consadole Sapporo - Kashima Stadium



Jogo memorável: Kashima Antlers 5x0 Gamba Osaka - Kashima Stadium



O jogo mais polêmico: Kashima Antlers 1x3 Urawa Red Diamonds - Kashima Stadium



Pior partida no campeonato: Kashima Antlers 0x3 Júbilo Iwata - Yamaha Stadium



Melhor jogador: Dutra

Pior jogador: Juninho

Gol mais bonito do Kashima no campeonato: Dutra na vitória do Kashima por 3x2 sobre o Cerezo Osaka

Assistência mais perfeita no campeonato:  Passe do Shibasaki pro gol do Koroki no empate em 2x2 contra o Frontale



Melhores momentos 34° rodada: Kashima Antlers 2x0 Kashiwa Reysol



7 de nov de 2012

Campeão da Copa da Liga pela quinta vez!

Campeão mais uma vez! (Foto: Sponichi)
 Kashima vence Shimizu S-Pulse na prorrogação e conquista pela quinta vez a Copa da Liga e consegue o feito de conquistar duas Copas da Liga seguida pela primeira vez.

Quem acompanhou o jogo ao vivo sofreu bastante, mas Shibasaki compensou o sofrimento decidiu o jogo no primeiro tempo na prorrogação com um golaço e garantindo mais um título pro clube no ano.

Foi um jogo difícil, o Shimizu era o favorito na partida, pois tinha vencido o Kashima duas vezes na J.League e até então era o time do momento brigando por vaga na ACL e enquanto o Kashima estava passando por um momento difícil na J.League.

Após perder pro Shimizu em casa antes da final da Nabisco, Jorginho decidiu mudar o time que tinha atuado na J.League e Jorginho colocou jogadores veteranos como Araiba no banco e o Dutra que vinha sendo titular absoluto no banco também. No desses dois entrarão o jovem de 19 anos Gen Shoji na lateral e o Honda no meio campo e voltando ao esquema 4-4-2 com Koroki fazendo dupla com Osako.

Formação do time para a final (Foto: Js Goal)
Primeiro tempo: Poucas chances, mas o Shimizu foi melhor na primeira etapa...

O primeiro tempo foi bastante equilibrado entre a duas equipes e com poucas chances de gols para ambas as equipes, o Kashima não teve quase nenhuma chance de gol já o Shimizu teve uma chance, o único lance que assustou a defesa do Kashima foi  um chute de voleio de Takagi aos 13 minutos do primeiro tempo só que pegou fraco na bola, mas ainda deu trabalho pro Sogahata que espalmou pra escanteio, até aí foi só esse lance de perigoso na partida, o Kashima estava muito bem defensivamente e tendo calma contra o time rápido e jovem do Shimizu.

Gen Shoji de 19 anos disputando bola pelo alto com Omae (Foot: Sanspo)
 Segundo tempo: Kashima melhorou ofensivamente, mas juiz atrapalha e leva o jogo para prorrogação.

Kashima mudou sua postura no segundo tempo. Jorginho colocou Dutra no lugar de Koroki que vinha apagado e logo teve sua primeira chance na cara do gol aos 42 segundos, mas a bola subiu demais após tentar tocar por cima do goleiro do Shimizu. Aos 10 minutos Dutra tinha mais outra chance de marcar o gol, agora foi um belo passe do Ogasawara que o deixou livre no lado direito, mas a finalização não saiu muito boa e o goleiro do Shimizu pegou tranqüilo. Ao menos o Kashima tinha melhorado muito bem na partida ao contrário do primeiro tempo que não teve quase nenhuma chance de gol. O artilheiro Osako também melhorou no jogo e conseguiu construir boas jogadas no ataque. Shimizu aos 12 minutos teve mais uma boa chance com Takagi, mas desperdiçou novamente tentando outro chute de voleio. Um jogador que eu acho que foi essencial nessa partida foi o meio campo do Kashima Yasushi Endo que conseguiu dar vários contra ataque no lado direito, foi difícil pro Shimizu segura-lo e aos 25 minutos conseguiu construir um ótimo contra ataque pelo direito e tocou pro Dutra que fez uma ótima jogada deixando o Shibasaki jogando e sofrer pênalti indiscutível.

Lee Ki-Je derrubando Shibasaki na grande área (Foto: Sanspo)
 O próprio Shibasaki cobrou o pênalti com tranqüilidade e abriu o placar para o Kashima e o título estava muito perto de vir, mas aconteceu outro pênalti aos 77 minutos só que para o Shimizu... Um lance muito discutido, o juiz pelo que vi marcou um pênalti após o Aoki derrubar algum jogador do Shimizu no lance de escanteio, foi muito duvidoso, pois quase nenhum juiz marca pênalti num lance de escanteio, mas aconteceu e o Shimizu empatou o jogo com Omae cobrando pênalti muito bem chutando no lado esquerdo do Sogahata. O jogo continuou equilibrado, mas com o gol de empate o Shimizu se acendeu e começou a partir pra cima, no final do jogo Ghotbi colocou o New Hero da Nabisco Hideki Ishige nos minutos finais e o jovem só conseguiu dá um chute fraco pro gol fácil pro Sogahata defender. O jogo terminou e o Kashima tinha que decidir a Nabisco mais uma vez o título na prorrogação.


Shibasaki comemorando o primeiro gol da partida. (Foto: Sponichi)

 Prorrogação: Gaku Shibasaki decide e Kashima conquista a Nabisco pela segunda vez seguida!

Gol do título marcado pelo Shibasaki no começo da prorrogação (Foto: Sponichi)
 Na prorrogação o Kashima teve que decidir mais uma vez e conseguiu! O destaque desse gol do título além do Shibasaki foi o Masuda que deu um ótimo lançamento pelo lado esquerdo para o Nishi que cortou o Takagi e tocou pro Shibasaki que vinha pelo meio sozinho tirando por cima do Calvin Jong e ficando livre para marcar o gol do título! Esse lance lembrou com o pênalti que o Shibasaki sofreu só que agora ninguém derrubou e Shibasaki conseguiu concluir muito bem no canto direito do goleiro Hayashi. Kashima continuou a jogar bem na partida e Osako teve a chance de fazer o terceiro, mas concluiu muito mal. Shimizu desesperado tentou vários chuveirinhos pra conseguir o gol, mas não deu. O Kashima estava muito bem defensivamente e Iwamasa e Aoki estavam jogando muito bem tirando várias pelo alto. O Kashima estava jogando melhor e venceu o Shimizu na final merecidamente. Kashima manteve a hegemonia de títulos por ano, esse foi o segundo título no ano contando a Suruga Bank Championship que garantiu pela segunda vez a vaga pro torneio do ano que vem. Gaku Shibasaki foi o MVP merecidamente, foi o nome do jogo e agora o jovem está se tornando cada vez mais ídolo da torcida do Kashima. O Shimizu mantém seu azar em ser campeão, essa foi sua 5° vez em uma final de Nabisco e venceu apenas uma dessas cinco oportunidades que o clube teve. O capitão Ogasawara ergueu a taça pela segunda vez seguida e a torcida comemorou bastante, pois não foi fácil vencer o Shimizu que estava em uma fase muito melhor que o Kashima. Essa foi à quinta conquista do Kashima se tornando o maior campeão absoluto do torneio.

Promessa Gaku Shibasaki foi o MVP da final. (Foto: Js Goal)
O ídolo Jorginho conquistou seu segundo título como treinador do Kashima Antlers

"Fizemos um jogo muito bom taticamente. A equipe do Shimizu é extremamente qualificada e veloz. Meus jogadores tiveram paciência, procuraram cadenciar o jogo, usar sua maior experiência e dessa forma chegar ao resultado. Shibasaki também teve uma atuação impecável, não só pelos gols, mas pela entrega total que teve em campo. Já havia tido o prazer de vencer a Copa Nabisco como jogador. Repetir isso como treinador é uma satisfação enorme, algo que me deixa ainda mais emocionado com esse título", disse.

Jorginho ainda tem a possibilidade de conquistar mais um título antes de terminar a temporada, já que o Kashima Antlers está nas oitavas de final da Copa do Imperador. O primeiro jogo do clube, que ainda não tem adversário definido, nas oitavas acontecerá no próximo dia 15.

"Tenho mais objetivos em mente, mas conquistar duas competições em meu primeiro ano como treinador no Japão é algo que me deixa com a certeza de que o trabalho está sendo bem realizado", concluiu. fonte: terra.com.br

Jorginho comemorando o título com a torcida do Kashima (Foto: Sponichi)


Ficha Técnica

Final da Yamazaki Nabisco Cup 2012: Shimizu S-Pulse 1x2 Kashima Antlers
  
Data: 03/11/2012

Horário: 2:05 (Horário de Brasília)

Local: Estádio Nacional de Tokyo   


Público: 45,228

Árbitro: Masaaki Toma

Cartões Amarelos: 33' Koroki (Kashima), 40' Yosuke Kawai (Shimizu), 54' Shoji (Kashima), 71' Lee Ki-Je (Shimizu), 75' Aoki (Kashima), 79' Kim Hyung-Sung (Shimizu), 111' Calvin Jong-a-Pin Shimizu), 120' Sogahata (Kashima), 120+1' Yuya Osako, 120+2' Dutra (Kashima)

Substituções do Kashima: 46' Dutra no lugar de Koroki, 70' Masuda no lugar de Honda, 83' Araiba no lugar de Gen Shoji.

Substituções do Shimizu: 64' Kobayashi no lugar de Kawai, 90+1' Ishige no lugar de Hattanda, 96' Senuma no lugar de Muramatsu.

Gol da partida: 73' Shibasaki (Kashima), 77' Genki Omae (Shimizu), 93' Shibasaki (Kashima).

Escalação do Kashima:

GK 21 - Hitoshi Sogahata
DF 23 -  Gen Shoji
DF 15 - Takeshi Aoki
DF 3 - Daiki Iwamasa
DF 22 - Daigo Nishi
MF 20 - Gaku Shibasaki
MF 40 - Mitsuo Ogasawara
MF 16 - Takuya Honda
MF 25 - Yasushi Endo  
FW 13 - Shinzo Koroki
FW 9 - Yuuya Osako

Banco de Reservas:

GK 1 - Akihiro Sato
DF 6 -  Koji Nakata
DF 7 - Toru Araiba
MF 11 - Dutra
MF 10 - Masashi Motoyama
MF 14 - Chikashii Masuda
FW 8 - Juninho

Escalação do Shimizu

GK 31 - Akirihiro Hayashi
DF 28 - Takami Yoshida
DF 3 - Yasuhiro Hiraoka
DF 4 - Calvin Jong-a-Pin
DF 33 - Lee Ki-Je
MF 17 - Yosuke Kawai
MF 2 - Taisuke Muramatsu
MF 16 - Kohei Hattanda
FW 11 - Genki Omae
FW 35 - Kim Hyung-Sung
FW 13 - Toshiyuki Takagi

Banco de Reservas:

GK 1 - Kaito Yamamoto
DF 36 -  Kiyotaka Miyoshi
MF 10 - Daigo Kobayashi
MF 32 - Hideki Ishige
MF 23 - Ryohei Shirasaki
MF 27 - Atomu Nabeta
FW 34 - Yuji Senuma


Melhores momentos da partida