2 de jan de 2013

Análise da temporada do Kashima em 2012

Kashima encerrou a temporada conquistando dois títulos mas a principal meta não conseguiram...

Analisando a temporada do Kashima em 2012, duas conquistas e duas decepções, será que foi um ano melhor que 2011?

O Kashima foi eliminado para o Gamba Osaka na semifinal no dia 29 e se despediu da temporada 2012 como uma temporada mediana, o clube conquistou a Copa Suruga Bank (título inédito) e o Penta Campeonato da Copa Nabisco vencendo em cima da garotada do Shimizu S-Pulse que vinha numa fase muito melhor que o Kashima. As duas decepções foi nos principais torneios do Japão, na J.League o time terminou em 11° lugar e fazendo sua pior campanha em toda sua história na J.League e na Copa do Imperador apesar de ter ido um pouco mais longe o time foi derrotado pro rebaixado Gamba Osaka e não conseguindo ir à final. O nosso grande ídolo Jorginho não foi tão mal no comando do Kashima, ele conseguiu ir até melhor que o Oswaldo em 2011, uma pena que ele saiu do Kashima, agora teremos aguardar o novo treinador e o mais provável pra assumir o comando é o Toninho Cerezo (Considerado uma das lenda do Kashima).

Os reforços...

Dutra e Renato foram as melhores contratações do Kashima em 2012 (Foto: Js goal)
 Kashima não trouxe tanto reforços de peso na equipe, trouxe mais jogadores jovens como Kazuya Yamamura, Ryuga Suzuki (promovido pela base), Yukitoshi Ito e Nagakawa promovido pela base também. Os outros reforços foram o Juninho que tinha vindo de uma temporada fraca no Frontale, Okamoto artilheiro do Avispa em 2011 e depois de algumas semanas trouxe o Dutra do Kyoto e no meio da temporada o meia Renato Cajá da Ponte Preta por empréstimo do Guangzou da China.


Início de temporada de altos e baixos...

Apesar da má fase na J.League, na Copa Nabisco o time foi muito bem vencendo a maioria dos jogos.
O começo de temporada do Kashima foi muito mediano. A primeira vitória na temporada foi contra o Mito Hollyhock pelo Ibaraki Special Match em fevereiro, quem marcou o primeiro gol foi o Koji Nakata. Depois veio a estréia na J.League, o time estreou perdendo pro Sendai por 1x0 e ficou mais de cinco rodadas sem vencer. O ponto positivo foi na Copa Nabisco na qual o time foi muito melhor, conseguiu a primeira vitória em jogos oficiais vencendo o Vissel Kobe por 2x0 em Kashima e dando uma animada na torcida, o clube ao menos mostrava uma cara diferente no torneio. Depois de cinco rodadas sem vencer, o time conseguiu sua primeira vitória memorável contra o FC Tokyo em Ajinomoto num jogo chuvoso, quem marcaram os gols foram Koroki e Endo. Parecia que o time ia emplacar de vez após vencer o Gamba Osaka por 5x0 numa atuação espetacular da equipe, só que não conseguiu, o time ficou mais três rodadas sem vencer e tiveram duas derrotas decepcionantes pro Shimizu e Júbilo, ambos os placares foram 3x0... Já por um lado a equipe foi muito bem na Copa Nabisco vencendo a maioria dos jogos na fase de grupos e sendo derrotado apenas uma vez e ficando com a segunda colocação do Grupo B empatado em pontos com Shimizu S-Pulse.

Conquista Inédita: Copa Suruga Bank

Jogadores comemorando a vitória nos pênaltis contra a Universidad de Chile.
No dia 1 de Agosto o Kashima decidiu a Copa Suruga Bank contra o campeão da Sul Americana o Universidad de Chile. Foi um jogo muito bem disputado entre as duas equipes, o Kashima saiu na frente com gol do Iwamasa aos 17 minutos do primeiro tempo e depois de 10 minutos Renato Cajá ampliou a vantagem, A La U correu atrás e conseguiu o empate graças aos erros individuais do Kashima que totalmente entregou os dois gols para a La U e levando a partida para os pênaltis pela segunda vez seguida. Nos pênaltis muito disputado também, mas quem se deu bem foi o Kashima que acertou todos os pênaltis e a La U despedeçou no final com a cobrança do Castro, Nishi foi o último a cobrar e marcou confirmando o primeiro o título do Kashima na Copa Suruga e o segundo título internacional do clube.

Vídeo da decisão de pênaltis:



Segunda conquista: Penta campeão da Copa da Liga Japonesa

Segundo título seguido na Nabisco e a quinta conquista no torneio.
O Kashima foi mais uma vez pra decisão da Nabisco Cup, o adversário foi o Shimizu S-Pulse na qual dividiu a liderança na fase de grupos. O Kashima fez um grande torneio e de fato mereceu a conquista, o time como disse no post acima venceu a maioria dos jogos, venceu cinco e perdendo apenas uma pro Yokohama Marinos. Na fase final o Kashima eliminou o Cerezo Osaka vencendo os dois jogos e eliminou o Kashiwa Reysol na semifinal com bela atuação do Osako nas duas partidas. Na final o Kashima não foi o favorito pra encarar o Shimizu, tinha vindo de uma derrota em casa pra eles na J.League e muitos achavam que ia dar Shimizu já que vinha numa fase melhor. Mas na partida o favoritismo foi para o Kashima, anulou totalmente a garotada que não teve quase nenhuma chance de gol. No tempo normal o jogo foi retrucado e terminou em 1x1, Shibasaki fez o primeiro gol da partida e Genki Omae marcou para o Shimizu graças a um erro bizarro do árbitro. Kashima teve que decidir mais uma vez na prorrogação igual 2011. Na Prorrogação o Kashima foi melhor e logo no primeiro minuto, o Kashima vira o jogo com um belo gol do Shibasaki que ganhou do Jong a Pin e saiu na cara do gol pra marcar o gol do título. Kashima foi Campeão mais uma vez e Shibasaki foi eleito o MVP da Final. Segunda conquista de Jorginho como técnico e a quinta conquista do Kashima na Nabisco sendo o maior campeão absoluto do torneio.

Melhores momentos da final:


Final temporada: Kashima escapa do rebaixamento, mas termina a temporada com mais uma derrota frustrante na Copa do Imperador...

Jorginho conquistou dois títulos na temporada apesar da fraca campanha na J.League.
Kashima estava com riscos de cair para segunda divisão, só que na penúltima rodada o time conseguiu eliminar todas as chances após uma bela vitória do Kashima pra cima do Nagoya Grampus em pleno Toyota  Stadium. O Kashima partiu para a Emperor Cup, seria as ultimas semanas de Jorginho no comando da equipe. O time teve uma grande vitória pra cima do Júbilo em casa vencendo por 3x1 na qual teve a despedida de Jorginho em Kashima, nas quartas de final uma vitória apertada contra o JEF United por 1x0, Osako marcou o único gol da partida. A semifinal foi contra o rebaixado Gamba Osaka, o Kashima era totalmente favorito, além de ter vencido eles por 5x0 em Kashima, o time vinha numa fase melhor, mas não foi isso que aconteceu, o Kashima fez um péssimo primeiro tempo e o Gamba aproveitou graças a grande atuação do Endo e também pela falhas do Sogahata, até o primeiro tempo o Gamba foi melhor, mas no segundo tempo o Kashima sufocou mas não conseguiu fazer gol, a maior culpa disso foi pela péssima atuação no primeiro tempo na qual o Kashima acabou perdendo. Outra derrota frustrante na Copa do Imperador, só não foi pior do que em 2011 contra o Kyoto. A temporada se encerrou e o que achou? Uma temporada mediana ou boa pelo fato de ter conquistado dois títulos? Aguardamos a nova temporada e que seja muito melhor que essa de 2012.

Colocação do Kashima nos torneios em que disputou:

J.League: 11° lugar

Copa Suruga Bank: Campeão

J.League Nabisco Cup: Campeão

Emperor Cup: Semifinal

Nenhum comentário: